Dpjo

Estudo Comparativo ‘In Vitro’ da Resistência à Tração de Braquetes colados com um Cimento de Ionômero de Vidro (Fuji ORTHO LC) e uma Resina Composta (Concise)

|Leopoldino Capelozza Filho|Alyton Moço Faidiga|André Luiz de Moura Corso|José Roberto de Magalhães Bastos|

A proposta deste trabalho foi avaliar comparativamente a resistência à tração de braquetes colados com uma resina composta (Concise, 3M) e um cimento ionomérico (Fuji ORTHO LC). Isto pareceu necessário para transmitir segurança e confiabilidade na utilização clínica desse material, uma vez que suas propriedades bioquímicas de liberação de flúor, inibição de cáries secundárias, atividade antimicrobiana, expansão térmica semelhante à estrutura dentária e biocompatibilidade já foram demonstradas. Foram utilizados 28 pré-molares divididos em dois grupos. Em cada grupo os braquetes foram colados seguindo as especificações do fabricante de cada material e conservados em saliva artificial por 72 horas, quando então foram realizados os testes de tração na máquina de ensaio Kratos. Através da análise estatística dos resultados, utilizando-se o teste “t” de Student, foi possível concluir que a resistência à tração dos dois materiais testados não mostrou diferença estatisticamente significante. Portanto, o cimento ionomérico se mostrou neste aspecto, equivalente a um material universalmente utilizado na clínica ortodôntica, o Concise. A partir desta constatação, considerando suas outras qualidades, o cimento ionomérico Fuji ORTHO LC deveria ser visto como opção viável para colagem direta de braquetes, por todos os profissionais envolvidos com princípios de prevenção na prática ortodôntica.

Palavras-chave: |Prevenção|colagem de braquetes|cimento de ionômero de vidro|

Sunday, July 15, 2018 20:21