Dpjo

Relação entre o Tratamento Ortodôntico e o Diagnóstico do Cisto Ósseo Traumático

|Eliete Neves da Silva Guerra|José Humberto Damante e Guilherme R. P. Janson|

Uma pesquisa sobre o cisto ósseo traumático foi realizada com o objetivo de estudar a prevalência deste cisto em pacientes tratados ortodonticamente e discutir sua possível relação etiopatogênica. O material constituiu de duas amostras. A amostra número 1 foi composta por 28 casos de cisto ósseo traumático e a amostra número 2 por 8 casos de cisto ósseo traumático encontrados entre 956 pacientes com tratamento ortodôntico concluído. Os resultados permitiram verificar que: a maioria dos pacientes estava na 2ª década de vida; 69,23% dos pacientes da amostra 1 apresentavam alguma relação com o tratamento ortodôntico e 30,77% história de trauma. Os pacientes da amostra 2 mostraram alta prevalência de cisto ósseo traumático, porém 50% dos casos foram detectados na documentação ortodôntica inicial. Assim pode se concluir que o maior acesso da população ao tratamento odontológico especializado permite a detecção de lesões, até então, consideradas raras e que o ortodontista desempenha um importante papel no diagnóstico do cisto ósseo traumático.

Palavras-chave: |Cisto ósseo traumático|Etiopatogenia|Tratamento ortodôntico|

Saturday, May 30, 2020 11:38