Dpjo

Comparação entre Endoscopia Nasofaringeana e Telerradiografia Cefalométrica Lateral no Diagnóstico da Obstrução do Espaço Aéreo Nasofaringeano

|Daniel Ianni Filho|Dirceu Barnabé Raveli|Rosangela B. Raveli|Leonor de Castro Monteiro Loffredo e Luiz G. Gandini Jr|

Foram comparados dois métodos auxiliares de diagnóstico das obstruções nasofaringianas: telerradiografia cefalométrica lateral e videoendoscopia nasofaringiana, para avaliar a eficácia dos mesmos através do estudo de reprodutibilidade e validade. Trinta pacientes ortodônticos, idade entre 7 e 12 anos, com um padrão de respiração predominantemente bucal ou mista, persistente a tratamento otorrinolaringológico, realizaram, no mesmo dia, exames radiográfico e endoscópico nasafaringiano. Dois médicos otorrinolaringologistas analisaram os exames e emitiram o diagnóstico. Os resultados evidenciaram que a endoscopia nasal foi mais confiável ao diagnosticar os diversos processos obstrutivos nasofaringianos. Utilizando o índice Kappa, a endoscopia mostrou nível de concordância diagnóstica quase perfeito para o diagnóstico do desvio de septo posterior, substancial para o desvio de septo anterior e para hipertrofia do corneto inferior e moderado para a hipertrofia do corneto médio. A telerradiografia cefalométrica lateral apresentou concordância perfeita para o diagnóstico da imagem do corneto médio; quase perfeita para a cauda do corneto inferior e substancial para a imagem do corneto inferior. O estudo de validade mostrou alta sensibilidade e baixa especificidade da radiografia ao diagnosticar a hipertrofia dos cornetos nasais inferior e médio, quando comparada ao diagnóstico endoscópico verdade.

Palavras-chave: |Obstrução espaço aéreo nasofaringeano|Telerradiografia|Endoscopia nasal|Respiração bucal|

Saturday, May 30, 2020 11:23