Dpjo

Avaliação da qualidade de vida de pacientes submetidos à cirurgia ortognática

Ana Catarina Alves e Silva, Roberta Almeida Silveira Carvalho, Thiago de Santana Santos, Nelson Studart Rocha, Ana Cláudia Amorim Gomes, Emanuel Dias de Oliveira e Silva

Objetivo: comparar as mudanças relacionadas à autoestima e satisfação com aparência, entre o pré-operatório e o pós-operatório, de pacientes submetidos à cirurgia ortognática, e avaliar a qualidade de vida e mudanças psicossociais desses pacientes seis meses após a cirurgia. Métodos: estudo qualitativo, de caráter observacional do tipo longitudinal, com amostra de 15 pacientes que apresentavam deformidades dentofaciais e que foram submetidos à cirurgia ortognática. Foram aplicados um questionário e dois formulários, em duas fases: uma pré-cirúrgica e outra pós-cirúrgica. Resultados: os resultados mostraram que 13,3% dos pacientes obtiveram melhora em relação à autoestima e, principalmente, em relação à satisfação com a aparência. Foi também constatada melhoria nas relações sociais, profissionais e familiares. Em relação à avaliação da qualidade de vida segundo o questionário da Organização Mundial da Saúde, observou-se que a média mais baixa correspondeu ao domínio meio ambiente. Conclusões: a cirurgia ortognática traz consigo uma carga emocional elevada, que deve ser considerada antes e após o ato cirúrgico, pois o estado psicológico do paciente repercute em fatores favoráveis ou desfavoráveis durante a sua recuperação, influenciando de diferentes formas na qualidade de vida, autoestima e satisfação com a aparência.

Palavras-chave: Qualidade de vida. Cirurgia bucal. Ortodontia.

Wednesday, February 19, 2020 02:03