Dpjo

Influência da sobreposição de estruturas e da magnificação no diagnóstico cefalométrico

Leonardo Koerich, Priscilla de Almeida Solon-de-Mello, Claudia Trindade Mattos, Antônio Carlos de Oliveira Ruellas, Eduardo Franzotti Sant`Anna

Objetivo: o objetivo do presente estudo foi avaliar a influência da sobreposição estrutural e da magnificação nas radiografias cefalométricas laterais (RCL) geradas por meio de tomografias computadorizadas de feixe cônico (TCFC), usando diferentes segmentos do crânio. Métodos: foram selecionadas 10 tomografias de pacientes. Quatro RCL foram geradas usando Dolphin Imaging, sendo face total, lado direito, lado esquerdo e o centro da cabeça. Um total de 40 imagens foi importado para o Radiocef Studio, e os ângulos das análises cefalométricas mais comuns foram medidos pelo mesmo observador, duas vezes, em um intervalo de 10 dias. As análises estatísticas incluíram concordância intraexaminador e comparação entre os métodos por meio do coeficiente de correlação intraclasse (ICC) e testes de concordância de Bland-Altman. Resultados: a concordância intraexaminador dos ângulos avaliados pelo ICC foi excelente (> 0,90) para 83% das medições, boa (entre 0,75 e 0,90) para 15%, e moderada (entre 0,50 e 0,75) para 2% das medições. A comparação entre os métodos por ICC foi excelente para 68% das medições, boa para 26% e moderada para 6%. As variáveis que apresentaram intervalos de confiança mais amplos (> 6°) nos testes de Bland-Altman, na avaliação intraexaminador, foram: incisivo superior, incisivo inferior e plano oclusal, enquanto nos métodos de comparação, as variáveis com intervalos de confiança mais amplos foram: incisivo inferior, incisivo superior, GoGn, ângulo do plano oclusal, plano horizontal de Frankfort e CoA. Conclusão: a sobreposição estrutural pareceu influenciar os resultados mais do que a magnificação, mas os métodos não influenciaram significativamente as medições. Considerável variabilidade individual pode ocorrer especialmente para os incisivos superiores e inferiores, plano horizontal de Frankfort e plano oclusal.

Palavras-chave: tomografia computadorizada de feixe cônico. Diagnóstico. Radiografia. Reprodutibilidade dos testes.

Como citar: Paula LK, Solon-de-Mello PA, Mattos CT, Ruellas ACO, Sant'Anna EF. Influence of magnification and superimposition of structures on cephalometric diagnosis. Dental Press J Orthod. 2015 Mar-Apr;20(2):29-34. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2176-9451.20.2.029-034.oar

Sunday, September 20, 2020 16:47