Dpjo

Análise fotoelástica das tensões geradas pelo Arco de Intrusão de Connecticut (CIA)

Alessandro Schwertner, Renato Rodrigues de Almeida, Alcides Gonini Jr, Marcio Rodrigues de Almeida

Objetivo: o presente estudo in vitro avaliou, por meio da técnica de fotoelasticidade, os efeitos produzidos pelo Arco de Intrusão de Connecticut (CIA) com dobra de 90o na face distal dos tubos molares e usando um aparelho 4 x 2 nas regiões anterior e posterior da arcada dentária superior. Métodos: foram confeccionados cinco modelos, aos quais foram correlacionadas duas situações clínicas diferentes: 1) uso do arco de intrusão sem dobra distal, mas com barra transpalatina para ancoragem (G1); 2) uso do arco de intrusão com dobra distal e barra transpalatina para ancoragem (G2). Avaliou-se as tensões geradas nos terços apical e médio das raízes dos dentes anterossuperiores e primeiros molares superiores. Resultados: considerando-se um valor de referência de 1,0 MPa = 100%, foi realizada uma análise descritiva qualitativa, a qual demonstrou uniformidade entre os valores de tensão na região apical dos dentes anteriores nos dois grupos (G1 e G2). Na região posterior dos modelos com arcos com dobra distal (G2), a tensão foi mantida em 100%. Já nos modelos do G1 (arco sem dobra distal), foram observadas variações na face mesial dos primeiros molares, com um aumento de 20% na tensão gerada. A região apical não sofreu qualquer alteração, ao passo que, na região distal dos molares, houve uma diminuição de 20% na tensão. Conclusão: os resultados laboratoriais revelaram diferenças, entre os grupos 1 e 2, para a tensão gerada na região dos molares, indicando que houve uma tendência de mesialização da raiz dos primeiros molares quando não foi realizada a dobra na extremidade distal do CIA.

Palavras-chave: Arco de intrusão. Fotoelasticidade. Propriedades físicas.

Como citar: Schwertner A, Almeida RR, Gonini Jr A, Almeida MR. Photoelastic analysis of stress generated by Connecticut Intrusion Arch (CIA). Dental Press J Orthod. 2017 Jan-Feb;22(1):57-64. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2177-6709.22.1.057-064.oar

Thursday, December 12, 2019 11:28