Dpjo

A presença de recessão gengival unilateral em caninos superiores influencia a percepção estética do sorriso?

Bruna Alecrim FIGUEIREDO, Joanna Betrine Pereira RIBEIRO, Andre Wilson MACHADO

Objetivo: o objetivo do presente estudo foi determinar a percepção estética do sorriso, por ortodontistas, periodontistas e leigos, em relação à presença de recessão gengival no canino superior esquerdo. Métodos: foram selecionadas duas imagens aproximadas do sorriso (frontal e oblíqua) de uma mulher leucoderma. As imagens foram manipuladas para criar diferentes níveis de recessão gengival no canino superior esquerdo, em incrementos de 0,5 mm. Foram, então, distribuídas aleatoriamente em um álbum, que foi entregue a 135 avaliadores: 45 ortodontistas, 45 periodontistas e 45 leigos. Cada avaliador foi convidado a avaliar a atratividade das imagens em uma escala visual analógica. Os dados foram analisados estatisticamente pela ANOVA e pós-teste de Tukey e teste t de Student. Resultados: para ortodontistas e periodontistas, todos os níveis de recessão foram detectados como antiestético, em ambas as formas de visualização. Para os leigos, na vista frontal, a recessão gengival foi considerada antiestética a partir de 1,5 mm; enquanto na vista oblíqua, a partir de 1,0 mm. Conclusão: os resultados demonstraram que a presença de recessão gengival em caninos superiores pode impactar negativamente a atratividade do sorriso, dependendo do tipo de avaliador e da magnitude da recessão.

Palavras-chave: Recessão gengival. Atratividade do sorriso. Estética do sorriso. Fotografias. Assimetrias.

Como citar: Figueiredo BA, Ribeiro JBP, Machado AW. Does the presence of unilateral gingival recession on maxillary canines influence smile esthetics? Dental Press J Orthod. 2020 Jan-Feb;25(1):56-63. DOI: https://doi.org/10.1590/2177-6709.25.1.056-063.oar

Tuesday, July 23, 2024 21:28