Endo

Comparação da taxa de sucesso de quatro soluções anestésicas no bloqueio do nervo alveolar inferior em pacientes com pulpite irreversível. Estudo prospectivo, randomizado, duplo-cego

Rodrigo Sanches Cunha, Giselle Nevares, Sérgio Luiz Pinheiro, Carlos Eduardo Fontana, Daniel Guimarães Pedro Rocha, Laila Gonzales Freire, Carlos Eduardo da Silveira Bueno

Objetivo: comparar a eficácia de quatro soluções anestésicas para o bloqueio do nervo alveolar inferior (BNAI) em pacientes com pulpite irreversível. Métodos: esse estudo prospectivo, randomizado e duplo-cego incluiu 60 pacientes adultos que compareceram ao serviço de atendimento de urgência da PUC-Campinas, São Paulo, Brasil. Os pacientes foram divididos aleatoriamente em quatro grupos, com 15 indivíduos cada, e receberam o bloqueio do nervo alveolar inferior: Grupo ART - 2 tubetes de articaína 4% com epinefrina 1:100.000; Grupo LID - 2 tubetes de lidocaína 2% com epinefrina 1:100.000; Grupo PRI - 2 tubetes de prilocaína 3% com felipressina 0,03U.I.; e Grupo MEP - 2 tubetes de mepivacaína 2% com epinefrina 1:100.000. Iniciou-se o acesso cirúrgico após 10 minutos do bloqueio do nervo alveolar inferior e o paciente foi instruído a relatar qualquer sensibilidade ou dor que sentisse durante o procedimento. O BNAI foi considerado bem-sucedido quando o procedimento de acesso e instrumentação foi realizado sem dor para o paciente. Se o paciente sentisse dor, o procedimento era interrompido e a anestesia considerada como insucesso. Resultados: foi utilizado o teste estatístico qui-quadrado para analisar os resultados (?=5%) e não houve diferença significativa (p>0,05) na taxa de sucesso do bloqueio do nervo alveolar inferior entre os grupos: ART = 53,33%, PRI = 46,66% e MEP = 53,33%. Porém, a taxa no grupo LID foi estatisticamente inferior (20%) à dos demais grupos (p<0,05). Conclusão: nenhuma das soluções anestésicas apresentou um índice de sucesso aceitável para o bloqueio do nervo alveolar inferior em pacientes com pulpite irreversível em molares inferiores. A solução de lidocaína 2% com epinefrina 1:100.000 apresentou o pior resultado, quando comparado ao dos demais grupos.

Palavras-chave: Endodontia. Pulpite. Anestesia local.

Como citar: Cunha RS, Nevares G, Pinheiro SL, Fontana CE, Rocha DGP, Freire LG, Bueno CES. Comparison of the success rates of four anesthetic solutions for inferior alveolar nerve block in patients with irreversible pulpitis. A prospective, randomized, double-blind study. Dental Press Endod. 2011 Oct- Dec;1(3):22-6.

Friday, November 24, 2017 22:17