Endo

Avaliação da capacidade de marcação de microinfiltração coronária de três corantes

Juliana Francisca Grossi Heleno, Eduardo Nunes, Maria Ilma Sousa Côrtes, Frank Ferreira Silveira

Objetivo: o objetivo desse estudo foi avaliar a capacidade de marcação do azul de metileno 2%, rodamina B 2% e sulfato de níquel 5%. Métodos: após o preparo do canal radicular em 84 pré-molares unirradiculares extraídos de humanos, o acesso às cavidades foi selado com Coltosol® e os espécimes foram impermeabilizados; à exceção de 1mm adjacente ao selamento temporário. As amostras foram imersas em soluções de corantes e mantidas em estufa a 37°C por 3 e 7 dias, sendo, então, submetidas à ciclagem térmica. Durante esse período, 300 ciclos (5°C e 55°C) de 30 segundos cada foram realizados em um aparelho específico com programação digital para temperatura, tempo e número de ciclos. Secções longitudinais dos espécimes foram obtidas e observadas em lente estereomicroscópica. Resultados: os resultados estatísticos pela Análise de Variâncias mostraram diferença significativa (p<,0,05) entre os grupos e entre os dois intervalos avaliados. Conclusão: houve maior infiltração no intervalo de 7 dias em todos os grupos, e o corante rodamina B mostrou a maior média de profundidade nos 2 intervalos, seguido pelo azul de metileno e o sulfato de níquel.

Palavras-chave: Corantes. Microinfiltração.

Como citar: Heleno JFG, Nunes E, Côrtes MIS, Silveira FF. Assessment of coronary microleakage marker capacity of three dyes. Dental Press Endod. 2012 Apr-June;2(2):30-6.

Tuesday, September 19, 2017 19:31