Endo

Análise de diferentes métodos clínicos para identificar os canais da raiz mesiovestibular de primeiros molares superiores

Ana Elise Ramos COLLE, Guy Martins PEREIRA, Bráulio PASTERNAK JÚNIOR, César Augusto Pereira OLIVEIRA

Objetivo: o objetivo deste estudo foi comparar se a quantidade de canais MB2 identificados em primeiros molares superiores aumentava quando comparadas as observações no Exame Clínico (EC), no Microscópio Operatório (MO) e na Tomografia Computadorizada Cone-Beam (TCCB). Foi avaliado, também, se a experiência do operador influencia na localização dos canais adicionais. Métodos: cem primeiros molares superiores extraídos foram avaliados por especialistas em Endodontia e estudantes de especialização em Endodontia. A Tomografia Computadorizada Cone-Beam (TCCB) foi utilizada para confirmar a quantidade de canais presentes na raiz mesiovestibular e essa avaliação serviu como o padrão-ouro da pesquisa. O grau de concordância entre os examinadores e em comparação com as tomografias computadorizadas foi avaliado pelo coeficiente Kappa de Cohen. Resultados: foi possível verificar que houve diferenças estatisticamente significativas entre os especialistas (k=0,234) e os estudantes (k=0,009) quando da utilização do MO. Os melhores índices de concordância se deram com o EC para o grupo dos estudantes (k=0,261), e com o MO para os especialistas (k=0,234). Na comparação entre os cirurgiões-dentistas, houve razoável concordância entre os métodos de identificação de canais no EC (k=0,275) e com o MO (k=0,4245). Observou-se, na comparação entre os métodos de identificação de canais avaliados, que houve moderada concordância entre os especialistas (k=0,558) e os estudantes (k=0,454). Conclusão: conclui-se, dessa forma, que a experiência do avaliador e o emprego do MO influenciaram na localização de canais MB2.

Palavras-chave: Microscópio operatório. Primeiro molar Superior. Tomografia computadorizada Cone-Beam.

Como citar: Colle AER, Pereira GM, Pasternak Júnior B, Oliveira CAP. Assessment of different clinical methods to identify mesiobuccal root canals of maxillary first molars. Dental Press Endod. 2012 Apr-June;2(2):64-70.

Tuesday, November 21, 2017 09:59