Endo

O tempo de espera para induzir o movimento ortodôntico depois do tratamento endodôntico, inclusive de perfuração

Alberto Consolaro

O tempo de espera necessário para se movimentar ortodonticamente um dente submetido à terapia endodôntica sempre induz dúvidas e questionamentos. Colaborar para reduzir essas dúvidas, acrescentar alguns fundamentos nas discussões e sugerir um tempo coerente com a biologia dos tecidos periodontais foram os objetivos traçados neste trabalho. Desde que atingidos os objetivos essenciais do tratamento endodôntico — independentemente de o dente ter vitalidade pulpar, necrose pulpar, lesão periapical crônica ou perfuração radicular —, depois de 30 dias os tecidos periodontais estão em fase final de reparação e reorganizando-se para devolver a anatomia e fisiologia à região. As forças ortodônticas não devem interferir na biologia dos tecidos em reparo e nem mesmo na patogenicidade e virulência de eventuais microbiotas envolvidas na necrose pulpar, lesões periapicais crônicas e região periodontal de perfurações radiculares durante o tratamento endodôntico.

Palavras-chave: Endodontia-Ortodontia. Movimentação ortodôntica. Reparo periapical. Reparação endodôntica.

Como citar: Consolaro A. The waiting time for inducing orthodontic movement after endodontic treatment, even with perforations. Dental Press Endod. 2012 Oct-Dec;2(4):11-4.

Tuesday, September 19, 2017 19:34