Endo

Sugestão de um novo protocolo terapêutico em dente permanente traumatizado: relato de caso

Jefferson J. C. Marion, Laiza Vicente Martelosso, Juliana Yuri Nagata, Thiago Farias R. Lima, Adriana de Jesus Soares

Introdução: o presente Caso Clínico se refere a dois dentes, de um único paciente, que foram, inicialmente, apenas imobilizados com uma contenção semirrígida por 15 dias e sem intervenção endodôntica. Objetivo: descrever o caso de dois dentes acometidos por luxação extrusiva e tratados por meio de uma pasta obturadora composta por hidróxido de cálcio, clorexidina gel a 2% e óxido de zinco. Métodos: após o acompanhamento de um mês, notou-se que os dentes não apresentavam vitalidade pulpar e que, radiograficamente, demonstravam sinais de reabsorção externa. Foi realizado o tratamento endodôntico e a utilização desse novo protocolo terapêutico de medicação intracanal, que pode ser concluído em uma única sessão, e com possibilidade de permanência por até quatro anos no conduto radicular. Resultados: no presente relato, a pasta obturadora permaneceu no canal radicular, sem necessidade de troca, por 24 meses, com regressão das lesões periapicais e paralisação das reabsorções inflamatórias. Conclusão: diante disso, pode-se concluir que essa pasta obturadora pode demonstrar sucesso e efetividade para o tratamento de dentes traumatizados com reabsorção radicular.

Palavras-chave: Endodontia. Hidróxido de cálcio. Alvéo- lo dentário. Luxação extrusiva. Trauma dentário. Clorexidina gel. Óxido de zinco.

Como citar: Marion JJC, Martelosso LV, Nagata JY, Lima TFR, Soares AJ. Suggesting a new therapeutic protocol for traumatized permanent teeth: Case report. Dental Press Endod. 2014 Jan-Apr;4(1):71-7. doi: http://dx.doi.org/10.14436/2178-3713.4.1.071-077.oar

Thursday, April 22, 2021 23:49