Endo

Efeito da irrigação endodôntica, com e sem ultrassom, na remoção de smear layer e biofilme

Kathrein Tapia da Silva, Nathiele Boeno, Sílvia Dias de Oliveira, Renata Grazziotin-Soares, José Antonio Poli de Figueiredo

Investigou-se o efeito da irrigação endodôntica, com ou sem a ativação por ultrassom, na limpeza e descontaminação dos três terços do canal radicular. Dentes foram inoculados com E. faecalis e permaneceram em cultura por 50 dias, para a formação do biofilme. Os dentes foram divididos em oito grupos de acordo com o irrigante endodôntico e o uso da ativação ultrassônica: G1 = NaOCl a 2,5% + ultrassom; G2 = clorexidina solução a 2% + ultrassom; G3 = clorexidina gel a 2% + ultrassom; G4 = H2O + ultrassom; G5 = NaOCl a 2,5%; G6 = clorexidina solução a 2%; G7 = clorexidina gel a 2% e G8 = H2O. As raízes foram clivadas e analisadas por microscopia eletrônica de varredura (MEV). As imagens foram classificadas de acordo com o nível de limpeza (presença de smear layer, 2.000x) e descontaminação (presença de bactérias, 10.000x) nos terços coronário, médio e apical. O ultrassom melhorou a habilidade de limpeza e descontaminação de todos os irrigantes endodônticos testados, principalmente do hipoclorito de sódio e da clorexidina solução. A clorexidina gel sem ultrassom teve os mais baixos valores de limpeza, contudo, seu uso combinado com o ultrassom promoveu limpeza similar ao NaOCl a 2,5%. Quanto à descontaminação, no terço apical, a clorexidina solução sem ultrassom apresentou melhores resultados do que a clorexidina gel com ultrassom. O ultrassom melhorou a habilidade de limpeza nos três terços do canal radicular, por levar o irrigante em contato com os microrganismos e debris dentinários dentro do sistema de canal, otimizando a remoção desses.

Palavras-chave: Endodontia. Enterococcus faecalis. Clorexidina. Microscopia eletrônica de varredura. Hipoclorito de sódio.

Como citar: Silva KT, Boeno N, Oliveira SD, Grazziotin-Soares R, Figueiredo JAP. Effect of endodontic irrigation, with and without the use of ultrasound, on removal of smear layer and biofilm. Dental Press Endod. 2015 May-Aug;5(2):12-9. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2358-2545.5.2.012-019.oar

Tuesday, September 19, 2017 19:19