Endo

Potencial capacidade de selamento de um novo cimento à base de própolis, utilizado como tampão apical, comparado ao MTA

Josiane de Almeida, Roberta Fernandes Macarini, Bruna Casagrande Cechella, Ana Maria Hecke Alves, Wilson Tadeu Felippe

Objetivo: o principal objetivo desse estudo foi avaliar e comparar a capacidade de selamento de um cimento experimental à base de própolis (EPC) e do agregado de trióxido mineral (MTA), empregados na forma de tampão apical, utilizando o sistema de infiltração de glicose. Em seguida, um teste de infiltração bacteriana foi utilizado para avaliar a capacidade de selamento do EPC. Métodos: para o teste de infiltração de glicose, trinta segmentos radiculares (12mm) foram divididos aleatoriamente em dois grupos experimentais (n = 15) de acordo com o cimento utilizado na confecção do tampão apical, conforme segue: G1 = MTA; G2 = EPC. Os segmentos radiculares foram preparados e a quantidade de glicose infiltrada foi mensurada, seguindo uma reação enzimática, e quantificada por meio de um espectrofotômetro. Os dados foram analisados pelo teste t de Student (p < 0,05). Para o teste de infiltração bacteriana, outros 15 dentes foram submetidos aos procedimentos de apexificação, preenchidos com EPC e montados em um aparato específico. O número de espécimes infiltrados foi observado, semanalmente, durante 70 dias. Resultados: o EPC foi significativamente superior ao MTA (p < 0,001). A capacidade de selamento do EPC foi 100% e 60% eficiente nos testes de infiltração de glicose e bactérias, respectivamente. Conclusão: o cimento experimental à base de própolis, na forma de tampão apical, promoveu superior capacidade de selamento, comparado ao MTA, e excelente desempenho em ambos os testes de infiltração.

Palavras-chave: Apexificação. Infiltração dentária. Glicose. Enterococcus faecalis. Própolis.

Como citar: Almeida J, Macarini RF, Cechella BC, Alves AMH, Felippe WT. Potential sealing ability of a new propolis-based sealer used as apical plug compared to MTA. Dental Press Endod. 2015 May-Aug;5(2):20-5. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2358-2545.5.2.020-025.oar

Tuesday, November 21, 2017 09:46