Endo

Avaliação da resposta tecidual de ratos à pasta Guedes-Pinto e ao hidróxido de cálcio, por meio de análise morfológica de implante alveolar em ratos

Karine Takahashi, Paulo Maltempi Filho, Robson Frederico Cunha, Eloi Dezan Junior

Com o propósito de avaliar a resposta biológica tardia da pasta Guedes-Pinto e da pasta de hidróxido de cálcio, materiais obturadores para dentes decíduos, foi empregada a técnica do implante em alvéolos. Quarenta e oito ratos sofreram exodontia do incisivo central superior direito, e um implante de tubo de polietileno contendo uma das pastas foi posicionado no alvéolo, para análise após 7 e 28 dias. A pasta de hidróxido de cálcio causou maior edema do que a pasta Guedes-Pinto. Na análise microscópica aos 7 dias, ambos os materiais evidenciaram a formação de tecido conjuntivo rico em fibroblastos e vasos sanguíneos, com alguns macrófagos e linfócitos. Aos 28 dias, a pasta de hidróxido de cálcio apresentou, nas áreas próximas ao material, tecido conjuntivo com elevado número de macrófagos e linfócitos, enquanto nas áreas mais distantes havia trabéculas ósseas neoformadas. Para a pasta Guedes-Pinto, verificou-se presença de trabéculas ósseas neoformadas junto à superfície do material, e número maior dessas em áreas mais distantes. Pode-se concluir que a pasta Guedes-Pinto causou menor edema e proporcionou menor interferência no processo de reparo.

Palavras-chave: Dente decíduo. Hidróxido de cálcio. Tratamento do canal radicular. Materiais restauradores do canal radicular.

Como citar: Takahashi K, Maltempi Filho P, Cunha RF, Dezan Junior E. Evaluation of rat tissue response to Guedes-Pinto and calcium hydroxide pastes by means of morphological analysis of rat’s socket implant. Dental Press Endod. 2015 May-Aug;5(2):26-32. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2358-2545.5.2.026-032.oar

Tuesday, September 19, 2017 19:23