Endo

Uso do ácido peracético como agente irrigante em Endodontia

Samuel Lucas Fernandes, Talita Tartari, Juliana Delatorre Bronzato, Clóvis Monteiro Bramante, Rodrigo Ricci Vivan, Flaviana Bombarda de Andrade, Marco Antonio Hungaro Duarte

A irrigação do sistema de canais radiculares contribui de forma efetiva para a limpeza e a antissepsia adequadas, tornando mais previsível o sucesso do tratamento endodôntico. Um protocolo ideal de irrigação foi sugerido com o objetivo de superar as limitações dos irrigantes comumente empregados, além de potencializar a antissepsia. Nesse protocolo, é recomendado o uso do hipoclorito de sódio durante o preparo biomecânico, seguido por um agente quelante e, por fim, novamente um agente com ação antimicrobiana. Contudo, ele demanda um considerável tempo clínico. Uma alternativa para a redução desse tempo seria o emprego de um agente irrigante final que contemplasse as ações quelante e antimicrobiana. Dessa forma, tem sido sugerido o uso do ácido peracético (PAA) como substituto ao EDTA na irrigação final, uma vez que essa substância tem demonstrado um bom potencial antimicrobiano, associado à capacidade quelante. Alguns estudos foram realizados com a finalidade de analisar a eficácia do seu uso como solução irrigadora em Endodontia. O presente trabalho tem como objetivo apresentar aos clínicos e especialistas na área de Endodontia as propriedades já estudadas desse irrigante, fornecendo informações relevantes sobre sua efetividade e a viabilidade de utilização na prática endodôntica.

Palavras-chave: Ácido peracético. Agente irrigante. Quelante.

Como citar: Fernandes SL, Tartari T, Bronzato JD, Bramante CM, Vivan RR, Andrade FB, Duarte MAH. Use of peracetic acid as irrigating agent in Endodontics. Dental Press Endod. 2015 May-Aug;5(2):56-60. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/2358-2545.5.2.056-060.oar

Tuesday, September 19, 2017 19:20