Endo

Descoloração da coroa após obturação endodôntica com diferentes cimentos: estudo clínico

Luciana Stadler DEMENECH, Jéssica Vavassori DE-FREITAS, Carla Castiglia GONZAGA, Denise Piotto LEONARDI, Flares BARATTO-FILHO, Flávia Sens Fagundes TOMAZINHO, Marilisa Carneiro Leão GABARDO

Objetivo: O objetivo do presente estudo foi avaliar clinicamente a descoloração da coroa dentária após obturação do canal radicular com diferentes cimentos endodônticos. Métodos: Trinta e dois dentes foram tratados endodonticamente e obturados com AH Plus (AHP), Endofill (END), MTA Fillapex (MTA) ou Sealer 26 (SEA), divididos em oito pacientes por grupo. O registro das cores foi realizado com um espectrofotômetro antes da intervenção (T0 ), aos 30 (T1 ) e aos 90 dias após a intervenção (T2 ). As avaliações foram feitas no centro da coroa dentária e a variação de cor (ΔE) foi calculada por meio da Commission International de l’Eclai- rage (CIE) L*a*b. Um operador, especialista em Endodontia, realizou os procedimentos clínicos. Os dados foram submetidos a medidas repetidas ANOVA e teste de Tukey (Δ=5%). Resultados: Não houve diferença estatisticamente significativa na variação de cores entre os cimentos (AHP ΔE=4,11; END ΔE = 6,34; SEA ΔE = 8,77 e MTA ΔE = 12,15), p>0,05. Porém, houve diferença entre os períodos analisados (T1ΔE= 5,65; T2 ΔE = 10,02). Conclusões: Dentro das limitações deste estudo, todos os cimentos endodônticos causaram alterações cromáticas clinicamente perceptíveis na coroa dentária. No entanto, o AH Plus promoveu menos alterações cromáticas na coroa dentária.

Palavras-chave: Espectrofotometria. Descoloração dos dentes. Materiais obturadores do canal radicular.

Como citar: Demenech LS, de-Freitas JV, Gonzaga CC, Leonardi DP, Baratto-Filho F, Tomazinho FSF, Gabardo MCL. Crown discoloration after endodontic obturation with different cements: a clinical study. Dental Press Endod. 2020 Sept-Dec;10(3):88-93.

Wednesday, March 03, 2021 08:20