Jbcoms

Extensa reconstrução craniofacial com próteses em polimetilmetacrilato

Eduardo de Lima Andrade, Ana Carolina Lemos Pimentel, Deyvid Silva Rebouças, Livia Prates Soares Zerbinati, Adriano Freitas Assis

A reconstrução de defeitos cranianos adquiridos é um desafio para a cirurgia reparadora. Para a reconstrução craniofacial, destacam-se os enxertos ósseos autógenos e os materiais aloplásticos, como o titânio, silicone, polietileno de alta densidade e o polimetilmetacrilato (PMMA). O presente trabalho tem como objetivo apresentar o sucesso no uso de próteses customizadas em polimetilmetacrilato, por meio de um caso com reconstrução craniofacial, realizada no Serviço de Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial do Hospital Geral Roberto Santos. Realizou-se a confecção de próteses em PMMA a partir de um biomodelo, mimetizando a real condição do paciente, que foi acometido por trauma, cursava com sequelas de fratura em ossos da face e perda de substância em região frontal por craniotomia. O paciente encontra-se com um ano de acompanhamento pós-operatório sem apresentar reações ao material de enxertia e não possui queixas quanto à estética facial. A confecção da prótese de PMMA pode ser executada no período pré-operatório, utilizando-se biomodelos de prototipagem rápida, ou durante o procedimento cirúrgico, aplicando-se diretamente sobre os tecidos.

Palavras-chave: Polimetilmetacrilato. Reconstrução. Ossos faciais. Craniotomia.

Como citar: Andrade EL, Pimentel ACL, Rebouças DS, Zerbinati LPS, Assis AF. Extensa reconstrução craniofacial com próteses em polimetilmetacrilato. J Braz Coll Oral Maxillofac Surg. 2017 maio-ago;3(2):52-61. DOI: https://doi.org/10.14436/2358-2782.3.2.053-061.oar

Monday, November 20, 2017 23:00