Jcdr

Técnica modificada de enxerto gengival livre: uma série de casos

Vítor Marques Sapata, Vanessa Camillo de Almeida, Ronald E. Jung, Giuseppe Alexandre Romito, João Batista César Neto

Introdução: embora a técnica de enxerto gengival livre (FGG) apresente uma alta previsibilidade para aumento de tecido queratinizado (KT), a taxa de contração do enxerto é significativa. Objetivo: a presente série de casos descreve o uso de uma técnica de FGG modificada, com a intenção de reduzir a contração do enxerto. Métodos: dois pacientes se apresentaram com queixa principal de sensibilidade durante a escovação dentária nos incisivos inferiores e outro, na região de uma restauração implantossuportada do dente #46. Em todos os casos, os pacientes mostraram dificuldade de manter higiene bucal adequada. As regiões foram tratadas com a técnica modificada de FGG, na qual o retalho de espessura parcial utilizado para criar o leito receptor foi adicionalmente utilizado para estabilizar o enxerto, em vez de ser removido. Resultados: em todos os casos, as queixas dos pacientes foram solucionadas. A largura do tecido queratinizado aumentou e a contração do enxerto variou de 10 a 13%. Além disso, o tecido queratinizado se manteve estável ao longo do tempo, apresentando coloração altamente satisfatória em relação à área adjacente. Conclusão: a técnica modificada de FGG pode ser usada com sucesso para tratar casos em que há falta de KT em dentes e implantes. Ademais, uma menor contração do enxerto foi observada, quando comparada a outros estudos.

Palavras-chave: Retração gengival. Cicatrização. Procedimentos cirúrgicos reconstrutivos. Transplante autólogo.

Como citar: Sapata VM, Almeida VC, Jung RE, Romito GA, César Neto JB. Free gingival graft using a modified technique: a case series. J Clin Dent Res. 2017 Apr-June;14(2):91-9. DOI: https://doi.org/10.14436/2447-911x.14.2.091-099.oar

Sunday, September 24, 2017 07:14