Endo

Tendências atuais em irrigação, entre os endodontistas brasileiros

Maíra do Prado, Felipe Alencastro, Leonardo Athias, Carolina Oliveira de Lima, Jefferson J. C. Marion, Renata Antoun Simão, Celso Neiva Campos

Introdução: diferentes irrigantes têm sido estudados, propostos e utilizados durante a terapia endodôntica. Objetivo: o objetivo deste estudo foi determinar as tendências atuais em irrigação, entre os endodontistas brasileiros. Métodos: um total de 398 endodontistas brasileiros respondeu a um questionário de pesquisa na internet, com 15 questões de múltipla escolha, seleções múltiplas e rankings numéricos, sobre sua seleção de irrigante, concentração, remoção da smear layer e uso de coadjuvantes para irrigação. Resultados: o hipoclorito de sódio foi o irrigante mais utilizado em uma concentração inferior a 5,0%. Clorexidina (CHX) foi o segundo irrigante primário mais utilizado, sendo a CHX 2% em gel a forma de apresentação mais prevalente. Em relação à remoção da smear layer, 88,4% dos entrevistados declararam realizar a remoção, onde o EDTA foi o irrigante mais utilizado (93,7%). Mais de 70% dos endodontistas utilizam um sistema coadjuvante durante a irrigação, dos quais 39,9% utilizam ativação ultrassônica; 24,4%, lima plástica e 1%, ativação sônica. O uso de EndoVac não foi relatado. Conclusões: a maioria dos entrevistados utiliza hipoclorito de sódio e remove rotineiramente a smear layer durante o tratamento endodôntico utilizando EDTA. Os endodontistas brasileiros utilizam técnicas coadjuvantes à irrigação.

Palavras-chave: Cavidade pulpar. Endodontia. Preparo do canal radicular. Irrigação terapêutica.

Como citar: Prado M, Alencastro F, Athias L, Lima CO, Marion JJC, Simão RA, Campos CN. Current trends in irrigation among Brazilian endodontists. Dental Press Endod. 2018 Sept-Dec;8(3):34-40. DOI: https://doi.org/10.14436/2358-2545.8.3.034-040.oar

Monday, May 27, 2019 10:45