Jbcoms

Ameloblastoma multicístico mandibular: relato de caso e acompanhamento de 10 anos

Matheus Spinella de Almeida, Arthur Berny Castellano, André Luis Chiodi Bim, Luiz Henrique Godói Marola, José Nazareno Gil, Jonathas Daniel Paggi Claus

Ameloblastomas são neoplasias benignas de comportamento localmente invasivo, podendo apresentar-se como lesões extensas, que exigem tratamentos complexos e multidisciplinares. Após as etapas diagnósticas, os profissionais envolvidos se deparam com algumas discussões importantes relacionadas ao sucesso do tratamento e longevidade dos resultados. Além da preocupação principal com a possibilidade considerável de recidiva, a escolha do tipo e momento dos enxertos ósseos é uma decisão fundamental a ser tomada, em conjunto com paciente e familiares, levando-se em consideração: a dimensão e localização do tumor; as considerações anatômicas e de saúde do paciente; a experiência do profissional responsável. O presente trabalho relata o caso de uma paciente com aumento de volume na região posterior da mandíbula esquerda, diagnosticada com ameloblastoma multicístico e submetida a uma sequência de cirurgias, desde a biópsia até a reabilitação estético-funcional com implantes e próteses dentárias. O controle clínico e radiográfico de 10 anos revelou ausência de sinais de recidiva da lesão, manutenção do contorno mandibular por meio do enxerto ósseo, e a estabilidade dos implantes, bem como dos tecidos peri-implantares. A cronologia dos eventos e das complicações enfrentadas permite uma discussão relevante a respeito da sequência de tratamento, opções de reconstrução e reabilitação.

Palavras-chave: Ameloblastoma. Neoplasias maxilomandibulares. Implantes dentários. Transplante ósseo.

Como citar: Almeida MS, Castellano AB, Bim ALC, Marola LHG, Gil JN, Claus JDP. Mandibular multicystic ameloblastoma: case report and 10-year follow up. J Braz Coll Oral Maxillofac Surg. 22019 May-Aug;5(2):51-7. DOI: https://doi.org/10.14436/2358-2782.5.2.051-057.oar

Thursday, October 17, 2019 12:59