Rcodp

Finalização em casos com extrações assimétricas: limitações e adaptações

Roberto Carlos Bodart Brandão, Licia Pacheco Teixeira

A adequada finalização é de fundamental importância para o sucesso do tratamento ortodôntico, especialmente em casos de extrações assimétricas, nos quais se torna ainda mais crítica. A oclusão instável observada ao final do tratamento exige do profissional estratégias e adaptações para a obtenção de uma oclusão equilibrada e esteticamente satisfatória. Métodos: foi descrito o caso clínico de uma paciente Classe II, 2ª divisão, subdivisão direita, que buscou tratamento ortodôntico por insatisfação da estética do sorriso. A intercuspidação nas relações de disto-oclusão e mesio-oclusão, a interface estética e oclusão, além das limitações e adaptações necessárias na finalização de casos de extração assimétrica também foram abordados neste artigo. Resultados: após a realização do tratamento ortodôntico indicado para o caso, houve melhora significativa na estética do sorriso da paciente e na função mastigatória. Conclusões: a estabilização da oclusão é viável em casos de extração assimétrica. Para tal, faz-se necessária a incorporação de pequenas estratégias que visam a correção da instabilidade oclusal, no intuito de se estabelecer condições mais estáveis e fisiológicas da oclusão dentária.

Palavras-chave: Extração dentária. Oclusão dentária. Estética dentária. Ortodontia.

Como citar: Brandão RCB, Teixeira LP. Finalização em casos com extrações assimétricas: limitações e adaptações. Rev Clín Ortod Dental Press. 2017 Abr-Maio;16(2):76-94. DOI: http://dx.doi.org/10.14436/1676-6849.16.2.076-094.art

Wednesday, February 21, 2018 10:36